Blog

“Ó MULHER, GRANDE É A TUA FÉ!” Mateus 15:21-28

Avaliação do Usuário: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

 

                Na passagem acima indicada, vemos Jesus sendo abordado por uma mulher cananéia que desejava ver sua filha liberta do poder do demônio.

                Nas atitudes dessa mulher é possível vislumbrar algumas bênçãos que são também encontradas na mulher presbiteriana, mas, devido ao nosso espaço reduzido, vamos tratar apenas de uma.

                A mulher dessa passagem bíblica não era israelita, era cananéia e, portanto, não fazia parte do povo escolhido de Deus, Israel. Ela era uma gentia, alheia às bênçãos da Aliança de Deus com Seu povo.

                Entretanto, mesmo assim, ela já ouvira falar de Jesus, aquele homem totalmente diferente dos líderes religiosos da época, pois tratava as pessoas com amor e ensinava a verdade quanto ao Reino de Deus, não da forma como o faziam os mestres da Lei, os escribas, fariseus e saduceus, mas com autoridade e demonstrações de poder do Alto.

                Aquela mulher cria em Jesus de uma forma que os próprios israelitas não criam. Ela tinha plena convicção de que Jesus era a solução para o grande problema que ela estava enfrentando naquele momento. Ela tinha absoluta confiança nele, e depositara toda a sua esperança em Sua Pessoa. Ela sabia que Jesus tinha autoridade para determinar ao demônio que deixasse sua filha em paz, e que o demônio o obedeceria. 

                Sua fé a levou a superar as dificuldades impostas pelo preconceito, separação religiosa e condição de inferioridade diante os judeus (considerando que era uma gentia, enquanto eles eram os herdeiros das promessas de Deus). Sua fé em Jesus era tamanha que, no versículo 27, Ele próprio declarou: “ó mulher, grande é a tua fé!”.

                Vejo na mulher presbiteriana a mesma fé que aquela mulher tinha e tenho visto o agir de Deus em resposta às suas orações em geral e, em especial, em algumas “santas mulheres”. Por isso, louvo ao Senhor! 

Que vocês possam crescer em fé e nós possamos apoiá-las e imitá-las. Que Deus abençoe as mulheres presbiterianas! (José Vicente – Adaptado)

 

                                                                                     Rev. George Alberto Canêlhas

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: secretaria@iplapa.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar