Blog

O QUE VOCÊ PENSA DA CRUZ

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Jesus Cristo crucificado era a alegria, o deleite, o conforto, a paz, a esperança, a confiança, a fundação, o lugar de descanso, a arca, o refúgio, o alimento e o remédio da alma de Paulo. Ele não era salvo por sua própria bondade e nem por sua própria retidão. Ele amava pensar naquilo que Cristo havia feito, e naquilo que Cristo havia sofrido - a morte!

O apóstolo Paulo foi um homem que percorreu a terra proclamando aos pecadores que o Filho de Deus havia derramado Seu sangue para salvar-lhes. Ele sempre ensinou as pessoas que Jesus Cristo as amava, a ponto de morrer pelos seus pecados sobre a cruz. Observe como ele diz aos coríntios: “Eu vos entreguei o que primeiro recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados” (1 Co 15.3).

Este foi o tema de suas cartas. É maravilhoso observar como suas epístolas geralmente são repletas dos sofrimentos e da morte de Cristo - como elas discorrem sobre "pensamentos que inspiram e palavras que ardem" sobre o amor e o poder das agonias de Cristo. Seu coração parece cheio deste assunto: ele discorre sobre isto constante e continuamente.

Foi baseado nisso que ele viveu toda sua vida. Ele diz aos gálatas: “A vida que agora eu vivo na carne, vivo-a pela fé no Filho de Deus, o qual me amou e a si mesmo se deu por mim” (Gl 2.20). O que o faz tão forte para o labor? O que o faz tão disposto para a obra? Jesus Cristo foi à comida e a bebida de sua alma.

Você pode conhecer vários preceitos da Bíblia, e os admirar, assim como um homem admira Platão, Aristóteles, ou Sêneca. Mas se você ainda não descobriu que Cristo crucificado é o fundamento de cada livro, você tem lido a Bíblia até agora de modo muito pouco proveitoso. Sua religião não livrará a sua alma do inferno.

Leitor, apresentei tais pensamentos diante de sua mente. O que você pensa agora sobre a cruz de Cristo? Eu não posso dizer; mas não posso desejar a você algo melhor do que isto – que você possa ser capaz de dizer com o apóstolo Paulo, antes de você morrer ou apresentar-se ao Senhor, “Longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo”. Amém. (J. 0c. Ryle)      Rev. George Alberto Canêlhas

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: secretaria@iplapa.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar