Blog

MENSAGEM ÀS MÃES 

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

As mulheres judias esperavam o Messias. Elas ansiavam ser a mãe do Salvador. Elas tinham filhos na esperança do  Messias. Elas criavam, alimentavam, ensinavam e abrigavam os seus filhos em antecipação. Antecipação de salvação. Esperança de uma vitória.

 

E — tantos anos depois — aqui estamos nós. Corpos doloridos carregando novas vidas. Bebês de peito nos despertando ao longo das noites. Pequenas crianças com pequenas necessidades. Bocas para alimentar, mais e mais. Pisos para limpar, roupas para estender, necessidades físicas para atender.

 

Mas estamos num momento diferente nesta história. Agora, já não somos mães em esperança. Já somos mães em vitória. Não criamos filhos para limpar um campo para plantio; criamos nossos filhos para trabalhar na colheita!

 

Pode ser extremamente fácil cair nos detalhes da maternidade: os detalhes das tampas perdidas. É fácil gastarmos o dia inteiro nos detalhes e nos esquecermos de ver qual é a grande história: Os sacrifícios que fazemos todos os dias não são feitos em uma batalha perdida. Eles são os sacrifícios dos vitoriosos. Eles são o preço de uma guerra vencedora.

 

Deus não compartilha de nossa visão sentimental de maternidade. Embora Ele se deleite nas crianças, não fala de maneira fofa sobre elas numa sessão de fotos. Ele as compara, não com fadas minúsculas ou com flores frágeis, mas com flechas! Para Ele, crianças são armas nas mãos de um homem poderoso.

 

Deus não ordena que desejemos a bênção de filhos porque suas vozes alegres tornarão nossas casas aconchegantes, mas Ele nos manda desejar filhos que lutarão com o inimigo na porta.

 

Nós precisamos ser lembradas de que devemos amar nossos filhos, não por causa deles mesmos, mas pelo que Deus está fazendo por meio deles. Precisamos de um amor sobrenatural. Precisamos crer na vitória do Senhor e ser mães em plena confiança e fé.

 

“Da boca de pequeninos e crianças de peito suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres emudecer o inimigo e o vingador”. (Salmo 8.2)

 

A vitória é nossa, porque o Salvador é nosso! (Rachel Jankovic)         Rev. George Canelhas

 

 

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: iplapa@uol.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Últimos Posts

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar