Blog

A IMPORTÂNCIA DO CULTO DOMÉSTICO

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Razões porque Realizar o Culto Doméstico

13. Porque o culto doméstico ajuda a manter na fé os filhos que saem de casa, afastando-se da influência dos pais. Na maioria dos casos, é o culto doméstico que mais tarde irá determinar a salvação de filhos de lares crentes. Ler II Timóteo 3.15-17.

14. Porque ele poderá ter influência sadia e santa sobre as pessoas que possam estar visitando a família. Ler Romanos 14.7-9. 8. Porque o culto doméstico reforça o trabalho pastoral e, além disso, estimula em muito a participação na Igreja. Ler Romanos 15.6-7.

15. Porque o culto doméstico faz de um lar exemplo e estímulo a outros lares, para que tenham a mesma vida de devoção e adoração a Deus. Ler Atos 2.46,47.

16. Porque a palavra de Deus ensina que devemos fazer o culto doméstico. Ao obedecermos a Deus, estamos dando honra àquele que é o doador de todo o bem e fonte de toda a benção.

17. Ler Romanos 12.1,2.

Há muitos momentos em que a família está reunida ao redor da mesa para uma refeição, ou até diante de um programa de televisão. Alguns minutos podem ser usados para a realização de um culto. Afinal, sempre se encontra tempo para o que se julga importante. É questão de prioridades e de coração.

Sugestões de Estratégias:

1. Fazer esse propósito e orar para que Deus afaste todos os impedimentos.
2. Se não é possível reunir toda a família, verificar a hora do dia em que há o maior número de familiares em casa e combinar o culto para esse horário.

3. Dar oportunidade de participação a todos – até às crianças. 

4. Não pode ser muito longo, sobretudo quando há crianças. Não deve haver sermão, mas um pequeno comentário sobre o texto lido ou a leitura de um livro de meditações diárias.
5. Os cânticos devem ser fáceis de cantar e conhecidos de todos.

6. De preferência usar a mesma versão da Bíblia, para que todos acompanhem a leitura.
7. Agradecer é importante! Não só pedir. Cada um deve mencionar um motivo de gratidão.
8. As orações devem ser breves e objetivas. Orações longas tornam-se cansativas e desviam a atenção. 
(Igreja Assembleia de Deus de Fátima)                             Rev. George A. Canêlhas

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: secretaria@iplapa.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar