Blog

LOUVAR AO SENHOR PELOS SEUS ATOS PODEROSOS NA HISTÓRIA SALMO 150.2

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Porque louvar ao Senhor? Qual o motivo de louvar ao Senhor? Este salmo, no seu segundo verso, nos apresenta alguns motivos. O primeiro destes é:

Louvar a Deus pelos seus atos poderosos. Mas, quais são eles? São os atos de Deus como criador e salvador.

Os salmos 136 e 114 são resumos da atuação de Deus ao criar todas as coisas, e, também, na criação de um povo diferenciado de todos os demais.

Este povo surgiu porque Deus quis fazer para si um povo especial, chamando Abraão de entre os caldeus, e tirando os seus descendentes de debaixo do poderio egípcio, sem o uso de uma arma sequer, mas apenas pela sua atuação miraculosa, enviando sinais e maravilhas sobre o povo egípcio.   

Devemos notar na criação de Israel a indignidade deste povo, o menor dentre todos os povos, escolhido por Deus para ser o seu 'emissário' entre as nações.

Podemos também ver a atuação poderosa de Deus na história das nações e dos povos, ao fazer com que todas as coisas convergissem na encarnação de Cristo, na plenitude dos tempos, segundo o apóstolo Paulo (Ef 1.10).

Lembremo-nos de toda a história da IPLAPA e veremos até nos pequenos detalhes como foi Deus que nos conduziu até agora, suprindo-nos com pastores, evangelistas, plantadores de igreja, líderes, professores da EBD, instrumentistas, cantores, regentes e etc, bem como recursos financeiros.

Tudo o que Ele fez, em todas as épocas, tem um propósito definido: o louvor da sua glória e, secundariamente, a salvação de milhares e milhares de pecadores que, por vontade própria e devido à sua natureza decaída, se voltaram contra ele e lhe negam o louvor que lhe é devido. Louve a Deus!      

(Texto do Rev. Marton Mendes) Rev. George Alberto Canêlhas

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: iplapa@uol.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar