Blog

A PRIMAVERA CHEGOU. “Porque eis que passou o inverno,... aparecem às flores na terra, chegou o tempo de cantarem as aves, e a voz da rola ouve-se em nossa terra”. (Ct 2.12)  

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

            A letra de uma linda canção diz: “A primavera é a mais linda estação”. É verdade, é a mais linda e a mais poética das quatro estações do ano.


             Na primavera surgem as flores e os pássaros preparam seus ninhos. Os ninhos ficam cheios de ovos e logo depois de filhotes. O canto dos pássaros anuncia a alegre e repentina mudança da relva, dos arbustos e das árvores de grande porte. Tudo se transforma em uma alegria que contamina o universo. É a vida que ressurge. O céu é mais bonito. A chuva alimenta e fortalece as fontes e tudo que a terra produz. Não só os pássaros, os animais, o homem também se refaz com o poder transformador que o cerca.  O perfume das flores embriaga de felicidade todos os seres. Uma pergunta surge: como a natureza se comporta durante o inverno? Para quem não presta atenção nas mudanças não sabe como elas ocorreram. Antes houve o inverno. A natureza, agora exuberante, há três meses era outra. Diz-se que a natureza estava em estado de dormência.

Não havia a mesma alegria. Tudo estava muito parado, parado e seco. Árvores desfolhadas, pastagens em terra seca e árida, animais afinados, rios em recessão, fontes minguadas – é o inverno. O inverno então é “a mais triste estação”.  No inverno parece que a vida está escondida ou se acabou. No inverno a natureza se encolhe, e nós também. As plantas quase desaparecem, secas, murchas; algumas sucumbem ao rigor do frio. Há uma luta da natureza para chegar até a primavera. A natureza sabe que tem de se preparar no inverno para as mudanças que virão. Também o homem tem os seus invernos. Nas lutas de cada dia, nas dificuldades, nas perdas, parece que a vida parou.  Só um pouco mais tarde vem à primavera, vêm às mudanças, o outro lado, a esperança, o ressurgir da vida.

Assim é a natureza, assim é o homem. A primavera chegou. A primavera não falha, ela vem após o inverno. No inverno devemos imitar as árvores: ainda que debilitadas, sofrendo com os fortes ventos, as suas raízes estão fincadas, firmes. A vida exuberante surge logo a seguir – na primavera. 

A primavera no coração do homem começa com o novo nascimento em Cristo Jesus, nosso Senhor. É tempo de esperança!                            Rev. Odilon de Carvalho

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: iplapa@uol.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Últimos Posts

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar