Blog

O ETERNO AMOR DE DEUS

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

“Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.” Jeremias 31:3

Já faz muito tempo que a palavra “amor” está desgastada em nosso vocabulário. Embora muitos a utilizem bastante no dia a dia, falta uma real compreensão do seu significado.

                Quando vamos para as Escrituras, encontramos a seguinte afirmação: “Deus é amor” (1Jo 4:8). Ou seja, a essência do verdadeiro amor é o próprio Deus. Faz parte dos seus Atributos.

                Ao longo da história de Israel Deus sempre expressou seu amor para com seu povo. Mesmo quando precisou exercer sua disciplina, não deixou de manifestar seu amor. Mas, sua maior expressão de amor está na pessoa de Jesus. Deus nos amou, entregando seu Único Filho para nos salvar. João 3:16 afirma: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

                Paulo, escrevendo aos romanos também declara: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Rm 5:8).

                João, o apóstolo do amor, também escreveu: “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós;” (1Jo 3:16).

                É maravilhoso saber que fomos atraídos por este eterno amor. E assim, podemos desfrutar deste amor em nosso coração. “Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado”. (Rm. 5:5)

                Você e eu que já fomos alcançados por este amor devemos anunciar para todas as pessoas, que Deus continua atraindo homens e mulheres de todas as classes da sociedade, através da pessoa bendita do nosso Senhor Jesus.

                E recebendo deste amor, também somos habilitados a amar o nosso próximo como a nós mesmos. Como está escrito em 1 João 4:19: “Nós amamos porque ele nos amou primeiro.”

                Jesus também declarou: “Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.” (Jo13:34)

                Fomos atraídos com o amor eterno de Deus e neste amor devemos permanecer (Jo 15:10).                                                                                       Rev. Gilberto da Costa Barbosa

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: secretaria@iplapa.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar