Blog

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Estudando as cartas paulinas fico impressionado com as orações do apostolo Paulo e como ele revelava maturidade cristã através de suas orações. No caso de filipenses capítulo primeiro vemos esta maturidade cristã na vida dos filipenses, Paulo deixa claro o compromisso espiritual destes irmãos.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Quando lemos o primeiro verso da carta do Apóstolo Paulo aos Filipenses vemos uma maneira muito peculiar ao iniciar esta carta. Ele menciona Timóteo um discípulo amado, e lendo as escrituras vemos que este relacionamento era profundo ao ponto de Paulo ter Timóteo como uma espécie de filho.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

É fato comum desde o primeiro século pessoas seguirem e buscarem a Jesus por causa dos milagres que ele pode fazer em seu favor. Algumas igrejas de hoje, através de reuniões, programas de televisão e rádio, têm incentivado esse tipo de prática.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

“Eu sou a Porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e saíra, e achará pastagem”. (João 10.9)

Ao afirmar ser uma porta, Jesus estava deixando claro duas verdades principais: Ele é acesso e Ele é segurança.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

            Quando lemos esses versos do Apóstolo Paulo aos Gálatas vemos que essas palavras fazem parte da saudação introdutória de Paulo. Em geral uma saudação como essa seria casual ou convencional. Mas Paulo a usa como uma declaração teológica cuidadosamente equilibrada acerca da cruz, a qual indica o interesse do apóstolo na carta.

Rua Roma, 465 - Lapa São Paulo-SP

  • Email: iplapa@uol.com.br
  • Telefone: (11) 3853-2586

Instagram

Últimos Posts

Facebook

Igreja Presbiteriana da Lapa © Copyright 2017 . Todos os Direitos reservados Desenvolvido por Ridley Mota

Pesquisar