NOTÍCIAS
Culto da Ressureição
Publicado em: 12-04-2014

Serão realizados no próximo domingo, dia 20, às 7h, após o Conjunto Expressão de Louvor, o café comunitário e uma atividade especial da EBD, a saber:


  • Café da manhã (9h)

  • Sarau Bíblico-Musical (9h45 às 11h)


Cada classe da EBD poderá participar com cântico, hino, poesia, jogral e teatro, entre outras possibilidades. Portanto, não haverá aula para as classes.

Grupo Concerto
Publicado em: 12-04-2014

Está convidando coristas e membros de conjuntos musicais, para participarem de um grande coro (Junto ao Trono do Pai) no final do lançamento do CD do Grupo Caso haja interesse em colaborar conosco, eles podem disponibilizar gratuitamente os kits de vozes para ensaio.

Basta enviar e-mail solicitando o material. Informações favor acessar: www.grupoconcerto.com.br

Conjunto Expressão de Louvor
Publicado em: 12-04-2014

Apresentará no domingo, dia 20, às 7h, a Cantata “Em Uma Cruz Tão Distante”. Aproveite a oportunidade e traga um amigo.

Cantata de Páscoa
Publicado em: 12-04-2014

Neste domingo (13/04) o Coro Geral apresentará a Cantata de Páscoa "De Uma Vez Por Todas" - Versão: Saulo A. M. Pinhão.

MEDITAÇÃO DA SEMANA
Ecos do Púlpito - O Evangelista como Pai
Publicado em: 12-04-2014

Autor: George Alberto Canelhas

“E sabeis, ainda, de que maneira, como pai a seus filhos, a cada um de vós, exortamos, consolamos e admoestamos para viverdes por modo digno de Deus, que vos chama para o seu reino e glória.” ( I Tess 2.11-12)

Todos nós sabemos como é importante a figura masculina na educação das crianças. Igualmente na edificação dos crentes novos é necessário que o evangelista, homem ou mulher, adote procedimentos próprios de pai, de tal maneira que o novo crente tenha um desenvolvimento equilibrado.

O apóstolo Paulo escreve aos de Tessalônica afirmando que da mesma forma que um pai, ele fez três coisas por eles.

A primeira tarefa foi exortar. Esta palavra indica chamar outro para o lado e lhe dar palavras de direcionamento e fortalecimento. É a palavra que descreve a obra do Espírito Santo em nós. Quantas vezes o convertido precisará ser orientado sobre assunto de fé ou de comportamento, sobre o qual ele ainda não conhece muita coisa e não tem experiência nenhuma.

A segunda tarefa do pai foi consolar. Nós podemos apontar que esta palavra é muito parecida com a de cima e pode ser usada, inclusive, como sinônimo dela. Entretanto, vemos enfatizar que esta fala é de encorajamento e incentivo. Quantas vezes a criança em Cristo precisará de uma palavra de exortação, mas com um conteúdo bastante positivo que o anime a seguir em frente.

Finalmente, o apóstolo fala de alguém que presenciou um fato e o conta com convicção, mesmo que para isso tenha que enfrentar a morte, e diz que faz isso para que os de Tessalônica vivessem de forma digna de Deus que os chamara para seu reino e glória.

Quantos estão ao nosso redor precisando da figura paterna para enxergarem nela a maneira de viver a vida cristã e ainda serem auxiliados em sua caminhada.

Que Deus nos desafie com esta verdade!